Bate Papo sobre a BM&F # 23 - É melhor admitir que não sabe do que responder errado!



http://youtu.be/CgxtdWfKVKI


Comentários

  1. Olá Henrique. Eu venho observando um comportamento que para mim não faz muito sentido nos contratos futuros do boi. Em teoria o valor do contrato precificado hoje deve levar em conta o número de dias para o vencimento do contrato, ou seja, um contrato com vencimento mais longo deveria ter o valor mais caro do que um contrato com vencimento mais curto, afinal a nossa taxa de juros não é desprezível. O que tenho observado nos últimos contratos do boi é que na rolagem o contrato com vencimento mais longo está com valor mais barato que o vencimento mais próximo. Por exemplo a cotação de fechamento no dia 20/02/2015 do BGIG15 (vencimento fevereiro) foi de R$ 143,6 enquanto que no mesmo dia, a cotação de fechamento do BGIK15 (vencimento maio) foi de R$ 143,1 . Isso vem acontecendo sistematicamente. Julgo não ter experiência suficiente para saber se isso é comum ou se estou falando alguma bobagem e gostaria de sua opinião/experiência sobre esse fato. Grato.

    ResponderExcluir
  2. Fala Leandro, como vai? Agradeço pela pergunta bem relevante. Nós os trend followers não temos muito o hábito de nos preocupar com os fundamentos das commodities, mas vou tentar responder de acordo com a minha intuição aqui.
    Quando você afirma que, em teoria o valor do contrato precificado hoje deve levar em conta o numero de dias para o vencimento, isto é verdade apenas em parte. Na verdade seu raciocínio estaria mais correto se estivéssemos lidando com opções (Existem opções tanto para ações quanto para contratos futuros). Neste caso sim, quanto mais perto do vencimento, menor o valor da opção, por conta da diminuição do valor extrínseco, etc...
    Mas no caso do Boi Gordo, não é bem assim que funciona. O preço do contrato hoje tem mais a ver com expectativa do valor da mercadoria física na data do vencimento do que com a proximidade desta data em si. Devemos pensar da seguinte forma... Qual será o preço de mercado da arroba líquida de boi gordo em uma determinada data futura? Esta é a base de raciocínio de todas as transações de compra e venda de contratos futuros de Boi.
    Existe sim uma relação de desvalorização do contrato à medida que se aproxima do vencimento, por conta da desvalorização do Indicador Boi Gordo Esalq BM&F, que é o principal índice de referência do preço do boi. Mas isso é menos relevante na epectativa do preço futuro, pois existem outros fatores que tem maior peso, como a época de safra e entressafra por exemplo (sim, boi também tem isso).
    Vejamos esse raciocínio. O BGIK é o contrato com vencimento em maio e o mês de maio é considerado o mês de “safra” de bois, porque nesta época do ano há uma oferta maior de animais terminados (prontos pra abate). Se a oferta é maior, qual a tendência natural dos preços? Diminuir em relação à época em que houver menos oferta, como a época de entressafra. Isso explica o motivo do BGIK ter o preço ligeiramente menor, pois esse contrato representa justamente a expectativa do preço da arroba do boi no mercado físico naquela época que vai estar bombando de bois prontinhos.
    Eu não sou nem de longe especialista no assunto e tive que recorrer a alguma pesquisa pra responder essa. Mas na prática, o que manda é a oferta e a procura e o preço que faz sentido para qualquer ação ou commodity é sempre o preço real da cotação.
    Grande abraço, espero que conseguido responder e que continue nos acompanhando.
    Não se esqueça de se inscrever no meu canal do youtube para concorrer ao livro Mercados Futuros. Parte dessa resposta eu retirei dele, rsrs.

    ResponderExcluir
  3. Henrique, não se desespere com a XP, as coisas lá são difíceis. Na verdade, operar do jeito que está pode ser vantajoso para você, é como se estivesse comprando e vendendo uma fração do lote do contrato (1 / 2.88). Se quiser operar perto da realidade, basta comprar 3 contratos ao invés de 1 que as coisas fluirão normalmente.
    Outro assunto: quando você abre uma conta no MT5 são fornecidas duas senhas, uma master e uma de investidor. A senha de investidor poderia ser divulgada para o publico poder acompanhar o andamento de sua conta (a senha só permite observar). Outra opção mais pratica é colocar sua conta vinculada a um sinal na comunidade www.mql.com. Agindo assim, todos os cálculos, gráficos, são tornados públicos sem nenhum esforço.
    Outro ponto seria escrever um Expert Advisor para que o robô o livrasse da tarefa de comprar e vender manualmente. Eu escrevi um comentário em outro post abaixo sobre o assunto. Abs, Roberto.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Fala Roberto... Acho que não respondi completamente seu post no video, pois fiquei preocupado em ficar muito longo.
    Acho que ficou claro porque vou testar com um contrato apenas de café ao invés de 3, além das variações da cotação do dolar, a margem de garantia também seria afetada.
    Quanto a distribuir a senha da conta, acredito que isso não seria interessante, pois sei que se eu der acesso às operações em tempo real, algumas pessoas vão simplesmente copiar em suas contas, o que não seria apropriado uma vez que o setup ainda não foi testado. Eu prefiro testar por alguns meses e depois que o desempenho dele estiver comprovado, posso pensar em divulgá-lo no meu curso de BMF para quem tiver interesse.
    Quanto ao robô, não seria necessário nem prático. Não acho necessário porque o setup gera muito poucas operações. E eu prefiro realizar as minhas próprias operações.
    E não seria prático porque o meta trader não possui os candles heikin ashi suavizados. Até tem como baixar um indicador, mas não funciona. Na minha plataforma, o candle HA é uma forma de CANDLE, já no MT5 o HA é um INDICADOR. Por isso não é possível fazer o hilo se referir ao HA, ele sempre vai se referir ao candle stick. Isso inviabiliza o setup.
    Além disso ele não considera o tamanho da posição da forma como eu calculo, entradas atrasadas, realizações parciais, incrementos de posição, etc..
    O setup corresponde a 30% do meus sistema de trading, o resto vem com a experiência de operações adquiridas nos últimos 6 anos.
    Espero ter esclarecido melhor.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário



Postagens mais visitadas deste blog

Novas Opções de Bases de Dados Gratuitas para Amibroker

Como conectar-se com o Blog TFB