Trend Following: Não adianta querer achar ordem no caos ou fazer futuras previsões

Muitos especuladores acreditam que podem subjetivamente tomar decisões sobre seus investimentos baseadas no "feeling" do mercado, ou seja, pela análise do perfil atual do mercado. 

Analisando notícias, boatos, supostas informações privilegiadas, análises de gurus financeiros ou comentários em fóruns de discussão, atuam como um rebanho de bovinos indo direto para o abatedouro. 

Isto porque, quando tudo parecer perfeito, céu de brigadeiro nos mercados, projeções excelentes acerca das ações (afinal como é possível prever ou projetar o preço futuro? ), as emoções que teremos serão de que tudo irá subir indefinidamente e ganância nos fará aumentar posições ou iniciar compras, se ainda estivermos de fora dos mercados.

Nestes casos, o mercado de renda variável traz a tona a cruel realidade: 

-Não adianta querer achar ordem no caos, prever futuras movimentações nos preços, o mercado financeiro é imprevisível.

O resultado é o que vemos todos os anos nos fóruns de discussão de renda variável pela internet, que facilmente é representado pelo gráfico abaixo. 


Esta falta de planejamento e método leva invariavelmente a prejuízos, que se acumulam até a completa expulsão do especulador do mercado.

Entretanto, não só aqueles que não tem um planejamento sofrem ao lidar com suas emoções no mercado de renda variável.

Aqueles que tem um planejamento, também se verão as voltas com suas emoções ao seguir o método proposto. Isto porque, o ser humano tem a tendência de sempre tentar ver ordem e correlações onde elas não existem.


Recente estudo da Universidade de Iowa em parceria com o Instituto de Tecnologia da Califórnia e a Universidade de Nova York examinou como o cérebro age na tomada de decisões sobre remunerações futuras.

 "A conclusão da pesquisa sugere, grosso modo, que usar mais o cérebro pode não resultar necessariamente em melhores decisões nos investimentos pessoais. Mais precisamente, que tentar racionalizar e achar padrões em processos aleatórios é infrutífero." 

Este estudo mostra que nossas emoções invariavelmente se fazem presentes em todas as nossas decisões sobre investimentos, e afetam muito o retorno que teríamos com tais investimentos.



Provou-se que mesmo havendo um método, ou planejamento prévio, as emoções podem nos desviar do caminho inicialmente proposto, justamente por acreditarmos sermos aptos a enxergar ordem onde ela não existe. 
Por tudo isto, são pouquíssimos especuladores que tem sucesso nos mercados financeiros. Aqueles que tem um método e planejamento saem na frente, mas isto não é garantia de sucesso, já que as emoções continuarão a afetá-los durante a tomada de decisão.

O diferencial vai estar justamente naqueles que conseguem ter disciplina e seguir um método eficiente, racional e que tenha boas expectativas.

O seguidor de tendências, usando racionalmente seu método, sabe não poder prever o futuro, sabe da imprevisibilidade do mercado, mas tem sucesso justamente por causa disto.

Ele monta posições a favor da atual movimentação de preços, se a tendência continuar ele permanecerá até uma possível reversão. Como não existe previsão, não existem alvos.



Mas se ele entrar (comprar) e o mercado reverter, ele assume um pequeno prejuízo e espera nova oportunidade.

Quer dizer que assumimos prejuízos? Sim, espere incorrer em muitos durante sua vida se quiser ganhar dinheiro nos mercados financeiros.

 O diferencial está em justamente limitar tais prejuízos ao mínimo.


A única certeza é que se o ativo estiver em tendência de baixa estaremos de fora (líquidos ou vendidos)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pedidos de Análise

Desvendando a mente de um seguidor de tendências!

Backtestes