Intervenção no Banco Cruzeiro do Sul – Análise Trend Following

-40% em três dias? E agora? F....!
Virou longo prazo.


A notícia do início da semana de que o Banco Central decretou Regime de Administração Especial Temporária (RAET), pelo prazo de 180 dias, no Banco Cruzeiro do Sul levou a uma desvalorização do ativo em 40% em três dias de negociação.


Hoje (04/06/2012), a Bovespa suspendeu os negócios com ações do Banco Cruzeiro do Sul (CZRS4), à espera de esclarecimentos sobre a decretação de intervenção da instituição.













Observem que pelo nosso sistema seguidor de tendências (e por qualquer outro que adote tal filosofia) estaríamos fora do ativo a muito tempo atrás, vejam abaixo:


















Não se trata aqui de fazermos previsões e, sim, da simples análise da variação de preços negativa em face as expectativas do conjunto de investidores do mercado.


A muito tempo antes desta intervenção e da queda absurda do ativo em -40%, já estaríamos de fora do ativo por estar em uma tendência qualificada de baixa (representada pela fita vermelha na base do gráfico).

Aqui, a análise fundamentalista pregaria uma peça nos “buy and holders”, já que os indicadores fundamentalistas do banco não estavam deteriorados.

Por isto que afirmo que a filosofia “trend following” potencializa os lucros do investidor, já que diminui a exposição ao risco na renda variável. 


Sempre que houver uma movimentação negativa de preços, mesmo em ativos com bons fundamentos, não procuraremos explicações para a queda, saíremos preventivamente do ativo, antes que “o barco afunde”. Tudo isto através de uma análise objetiva, por um sistema de trade "trend following".


“This is trend following”

Comentários

  1. 06jun 11h52 - De volta na bolsa, ações do Cruzeiro do Sul despencam mais de 45%

    06jun 11h35 - Cruzeiro do Sul vendeu R$ 115 milhões de suas próprias ações antes do BC intervir

    Infomoney

    ResponderExcluir

Postar um comentário



Postagens mais visitadas deste blog

Novas Opções de Bases de Dados Gratuitas para Amibroker

Como conectar-se com o Blog TFB